Blog PELEJAS
em 02/04/2011

O Guarani Futebol Clube, time que tem como apelido "Bugre", comemora hoje, 2 de abril de 2011, o seu Centenário. Em 100 anos de história o Guarani traz na memória do futebol grandes vitórias. Foi fundado na Praça Carlos Gomes, da cidade de Campinas, praça essa que homenageia o autor da consagrada ópera “O Guarani”.

Seu primeiro estádio, “Estádio do Guarany” inaugurado em 1923, deu lugar, em 31 de maio de 1953, ao "Brinco de Ouro da Princesa”, um dos maiores estádios do Brasil, nome dado por um jornalista  presente à apresentação de sua maquete, comparando seu formato a um brinco e associou ao apelido da cidade de Campinas (Princesa D'Oeste). O estádio acomodou públicos superiores a 50.000 pessoas em várias decisões esportivas.

O Guarani possui dois vice-campeonatos brasileiros, em 1986 e 1987, classificando-se em três oportunidades para a disputa da Taça Libertadores da América, principal competição sul-americana de futebol. Foi o primeiro clube do interior paulista a ser Campeão Estadual Amador, em 1944. Os primeiros títulos da era profissional foram os de campeão da 2ª divisão paulista de 1949 e dos Torneios-Início dos Campeonatos Paulistas de 1953, 1954 e 1956. A Taça dos Invictos da Gazeta Esportiva, em 1970, e a Taça Almirante Heleno Nunes (referente à conquista do primeiro turno do Campeonato Paulista), em 1976, são outros marcos da história do clube.

Na América do Sul, além de disputar a Libertadores da América em três ocasiões (1979, 1987 e 1988) o Bugre também participou da extinta Taça Conmebol em 1995.

Grandes nomes do futebol também fizeram parte da história do Guarani, entre eles Zuza, Zenon, Amaral, Renato, Zé Carlos, Careca, Evair, Neto, Ricardo Rocha, João Paulo, Júlio Cesar, Djalminha, Edílson e Luizão. Esses nomes estarão para sempre na memória do torcedor bugrino e de todos os torcedores que apreciam o futebol bem jogado.

Até hoje o Guarani é o único clube do interior a ter conquistado o título da primeira divisão do campeonato brasileiro. Isso aconteceu em 1978 em peleja contra o Palmeiras. O treinador do Guarani era Carlos Alberto Silva.

Saiba quantas vezes o Guarani enfrentou o Palmeiras, o Corinthians ou o São Paulo, pesquisando aqui no PELEJAS.

 

                                        Guarani: Campeão Brasileiro de 1978


Em pé: Zé Carlos, Gomes, Edson, Mauro, Neneca e Miranda. Agachados: Capitão, Renato, Careca, Zenon e Bozó.

 

Reveja lances do jogo decisivo do Brasileirão de 1978:

 

por: Equipe PELEJAS

Enquete PELEJAS
Dos times do Pelejas, quem tem mais chances na Libertadores 2017?

Palmeiras
Santos
Destaques
22/06/2017
11/06/2017
02/12/2016
31/10/2016
23/10/2016
Arquivo de Posts

Amigos do PELEJAS



@Pelejas
  • Rio-São Paulo do PELEJAS: Palmeiras campeão, Corinthians vice. https://t.co/13B8dBatpO em 22.12.2015 16:39
  • O Rio-São Paulo do PELEJAS (atualização até a 16a. rodada): http://t.co/2Dd58GcNES http://t.co/qzwyeJjjtH em 5.8.2015 09:40
  • O Rio-São Paulo do PELEJAS (atualização até a 10a. rodada): http://t.co/ncHaUUzAxs em 3.7.2015 12:02
Pelejas nas redes sociais
Blog Pelejas Dihitt Pelejas Facebook Pelejas Nossa comunidade no Orkut Aconpanhe nosso RSS/Feed